Um dos maiores desafios para quem trabalha com a população sénior

Um dos maiores desafios para quem intervém com a população sénior é arranjar formas de os manter ativos e interessados em certas e determinadas atividades. Estas atividades tanto podem ser satisfatórias ou não, uma vez que cada idoso tem os seus gostos, necessidades e interesses.

No caso dos idosos da Sant’Ana – Residência Sénior, duas das atividades que os mesmos prezam são as atividades desenvolvidas ao ar livre e também os passeios. De forma a aproveitar o bom tempo, na passada quinta-feira, os nossos idosos foram passear até às Caldas de S. Paulo onde permaneceram todo o dia.

Cantaram, dançaram, jogaram e até à agua foram…

É essencial ocupar o tempo livre da melhor forma possível, tornando o envelhecimento mais ativo. Desta forma estaremos a contribuir para prevenir doenças, aumentar a mobilidade e a sensação de pertença à comunidade. Ocupar o tempo livre do idoso é propor-lhe lazer, é oportunidade que cada um tem para si, para fazer o que gosta, para conviver e para se expressar como pessoa.

Trabalhar com a população sénior é, sem dúvida, desafiante, exigente mas gratificante.